Renovatio Real State Capital
language

News

Quinta, Junho 06, 2013

Fundo que investe em shoppings do interior deve ser lançado em breve

A expectativa é que a distribuição inicial de cotas capte R$ 80 milhões no mercado

SÃO PAULO - A gestora de recursos Renovatio está estruturando um fundo imobiliário com foco em shoppings centers já performados. O primeiro ativo do fundo será o Shopping Villagio, em Sorocaba, voltado para público AB, e que tem dois anos e meio de existência. A expectativa é que a distribuição inicial de cotas capte R$ 80 milhões no mercado.

De acordo com o sócio e CEO da Renovatio, Vicente Barone, o pedido de registro do fundo junto à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) deve acontecer no mês de maio. O retorno esperado ao investidor deve ficar entre 7% e 8% ao ano. O valor da cota na emissão será de R$ 100 e valor mínimo de reserva das cotas deve ser de R$ 10 mil.

O shopping conta atualmente com ABL (Área Bruta Locável) de 8 mil metros quadrados e 98 lojas, mas existe uma previsão de expansão de mais 2.800 metros quadrados. Segundo o executivo, uma expansão já está em andamento e outra, maior, está prevista assim que houver sinalização de algum ocupante.

Os gestores já analisam a compra de outros shoppings em futuras emissões, todos localizados em cidades do interior. “Procuramos shoppings centers com ABL mínima de 8 mil metros quadrados. Estamos analisando empreendimentos na cidade de Criciúma (Santa Catarina), Uberaba (Minas Gerais) e São José dos Campos”, disse Barone.

Sobre o mercado de fundos imobiliários

O mercado de fundos imobiliários cresceu de forma expressiva nos últimos anos no Brasil. No final do mês de março, estes fundos atingiram duas marcas importantes: o terceiro mês do ano se encerrou com 102.691 investidores e 100 fundos negociados na Bolsa de Valores, segundo dados da BM&FBovespa.

Para se ter ideia do crescimento desta indústria, no final de 2008 havia 25 fundos cadastrados na bolsa. Já o crescimento do número de investidores foi ainda mais impressionante: em janeiro de 2011, 19.732 pessoas aplicavam seus recursos em fundos imobiliários, o que indica um aumento de 5 vezes em pouco mais de dois anos.

Para Vicente Barone, este mercado ainda tem um bom potencial de crescimento. “Acreditamos pricipalmente no segmento de shoppings em cidades do interior. Também analisamos investir em outlets”, adianta o executivo.

Fonte: http://www.infomoney.com.br/